top of page

Primavera - tempo de despertar, tempo de depurar.

Atualizado: 19 de mar. de 2023



Os campos floridos.

O canto dos pássaros.

O aroma das flores.


Tudo está a nascer, a despertar, na natureza e em nós.


 


A primavera segundo a Medicina Tradicional Chinesa está ligada ao elemento madeira.


O elemento madeira relaciona-se com o fígado e a vesícula biliar, com os olhos e os tendões.


A nível emocional, relaciona-se com a raiva, a paciência e a criatividade.


Alterações no fluxo da energia do fígado podem provocar mudanças repentinas de humor, irritabilidade, impaciência e principalmente explosões de raiva (como tentativa de aliviar a tensão acumulada).


À medida que a temperatura muda, podemos começar a sentir algumas mudanças no nosso corpo: ficamos mais activos, temos mais vontade de fazer exercício e começamos a desejar refeições mais leves, em vez das comidas de forno, mais densas que nutriram o nosso corpo no no Inverno.


Agora é o momento de substituir os alimentos pesados, oleosos, ácidos e doces, por alimentos pungentes, amargos, adstringentes, secos e leves.


A Primavera convida a uma alimentação leve e maioritariamente vegetariana, nesta estação o nosso prato deverá ser tão verde quanto os campos verdejantes que vemos lá fora!





6 CONSELHOS ALIMENTARES



  1. Evita alimentos fritos ou muito gordos - especialmente de manhã e ao jantar.

  2. Tenta trocar o trigo e aveia por opções mais leves, como a quinoa e a cevada.

  3. Adiciona especiarias aos teus pratos, incluindo pimenta preta, açafrão, gengibre, alho, cominho e sementes de mostarda.

  4. Opta por leguminosas mais pequenas como as lentilhas, feijão mungo, feijão frade e feijão preto.

  5. Dá prioridade às sementes (girassol, abóbora, sésamo, cânhamo, chia) e ingere menos frutos secos (são mais densos).

  6. Come verde! Verde é a cor desta estação: escarola, brócolos, couves, rúcula, alface, espinafres, acelgas, agrião, beldroegas, espargos, grelos, nabiças, repolho… a variedade é imensa!



Para a Ayurveda, a Primavera (sobretudo o seu início) é a época Kapha do ano, o que significa que os elementos terra e água dominam a estação.

Kapha, caracteriza-se por ser: oleoso, frio, pesado, estável, viscoso e denso. E são precisamente estas características que devemos contrariar e equilibrar na Primavera.







6 PLANTAS MEDICINAIS QUE AUXILIAM O FÍGADO



  1. Dente de leão (Taraxacum officinale): auxilia o fígado no seu funcionamento, promovendo também uma depuração ao nível dos rins (efeito diurético), do sistema digestivo e da pele.

  2. Cardo Mariano (Silybum marianum): planta muito interessante pela sua capacidade regeneradora das células hepáticas. Protege o fígado da ação de substâncias tóxicas como drogas, álcool, medicamentos, etc. (efeito hepatoprotetor) e é colagogo (favorece a secreção da bílis da vesícula biliar).

  3. Alcachofra (Cynara scolymus): Apoia a detoxificação hepática. Ação diurética. Útil nos casos de colesterol elevado.

  4. Borututu (Cochlospermum angolense): Potencia a detoxificação do fígado e do intestino. Auxilia o sistema digestivo e é diurético.

  5. Fumária (Fumaria officinalis): auxilia no funcionamento do fígado e da vesícula; útil nos casos de colesterol elevado; acção depurativa da pele.

  6. Boldo (Peumus boldus molina) - Ajuda na função hepática e auxilia os processos digestivos. Para uso pontual, devido ao teor de alcalóides da planta.




Estas plantas medicinais podem ser encontradas isoladas ou conjuntas. Podendo ser tomadas em infusão, tinturas, comprimidos ou ampolas, mas apenas por um curto período de tempo.

As depurações hepáticas não devem ser feitas por: grávidas, durante a amamentação ou por pessoas que tenham cálculos biliares (“pedras” na vesícula).





PRECAUÇÕES:


- A Alcachofra pode causar uma reação alérgica em pessoas sensíveis às plantas da família Asteraceae/Compositae. Os membros desta família incluem a ambrósia, crisantêmos, calêndulas, margaridas, e muitas outras ervas.


- O Cardo Mariano em doses elevadas pode causar aumento da tensão arterial


- A Fumária pode potenciar o efeito dos anticoagulantes, antiagregantes plaquetários; e diuréticos.



 



Saboreia a Primavera simplificando a tua vida, inclui apenas as coisas

que realmente revitalizam o teu corpo e a tua alma.

Se é tempo de depurar o corpo, também é tempo de depurar a mente.


Não somos apenas o resultado daquilo que comemos, por isso acredito numa depuração de pensamentos, numa limpeza dos padrões, em relação a nós e aos outros.


Dêmos força ao pensamento criador, inovador, aos conceitos puros, novos e plenos de vitalidade, trabalhemos a nossa mente e o nosso coração para uma consciência límpida.

Este é o primeiro passo para uma verdadeira depuração.

Porque corpo e mente estão interligados, comunicam e são no fundo UM só.





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page